Cuiabá, Sexta-Feira, dia 17 de Novembro de 2017
Busca: 
Quem Somos Jurisprudência Promotoras Legais Peças Processuais Livros Projetos e Campanhas Homenagens Agenda Copevid

Pedofilia

Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
Primeiras damas de MT aderem à campanha contra Pedofilia
 

Por CLÊNIA GORETTH

A campanha realizada pelo Ministério Público Estadual e Assembleia Legislativa contra a pedofilia e abuso sexual de crianças e adolescentes ganhou mais um grupo de aliados: as primeiras damas dos municípios de Mato Grosso. Nesta quinta-feira (05/11), o procurador de Justiça Paulo Roberto Jorge do Prado e a promotora de Justiça Lindinalva Rodrigues Corrêa ministraram palestras sobre o assunto no VIII Encontro de Primeiras Damas que está sendo realizado no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá. O evento encerra-se nesta sexta-feira.

Para o procurador de Justiça Paulo Prado, titular da Procuradoria de Justiça Especializada na Defesa da Criança e do Adolescente, o envolvimento das primeiras damas na campanha contribuirá significativamente para o engajamento dos municípios. “Esse assunto também tem que ser discutido no interior do Estado. Já temos vários Promotorias de Justiça promovendo palestras sobre o tema, mas a participação das prefeituras é fundamental para que os objetivos da campanha possam ser alcançados”, ressaltou o representante do Ministério Público.

Além de solicitar o envolvimento dos municípios no combate à pedofilia, o procurador de Justiça também aproveitou a oportunidade para sugerir que no próximo ano seja realizado uma ampla campanha contra as drogas. “Precisamos estar atentos a esta questão. O consumo de droga é responsável por boa parte das mazelas sociais”, disse.

Durante o evento, a promotora de Justiça Lindinalva Rodrigues Corrêa fez uma explanação sobre a cartilha que trata do abuso sexual contra crianças e adolescentes. Os participantes esclareceram dúvidas sobre o tema e tiveram acesso ao material produzido para facilitar o entendimento e a disseminação de informações. A representante do Ministério Público também falou sobre a responsabilidade de todos os cidadãos em relação à questão, solicitando que cada um se disponha a servir ao próximo.

NOVA MUTUM: A Promotoria de Justiça de Nova Mutum promove nesta sexta-feira, às 9h, reunião com representantes dos Conselhos Tutelares, Conselhos dos Direitos da Criança e do Adolescente e diretores de escolas para discutir aspectos relacionados ao abuso sexual contra crianças e adolescentes. O tema será abordado pelo promotor de Justiça José Mariano e pelo Procurador de Justiça Paulo Roberto Jorge do Prado. Maiores informações sobre o assunto podem ser obtidas pelo telefone (65) 3308-3584.
Fonte: mp.mt.gov.br
 

Janete Riva conclama primeiras damas de MT no combate à Pedofilia


A coordenadora da Sala da Mulher da Assembleia Legislativa Janete Riva declarou na quinta-feira (05) que é de fundamental importância ações contra a pedofilia no interior de Mato Grosso, onde também é grande o registro de casos de abuso sexual contra crianças e adolescentes. “É um mal que tem assombrado nossas crianças. Estamos conclamando todas as gestoras para difundirem a campanha nos seus respectivos municípios”, declarou Janete Riva, durante o VIII Encontro Estadual das Primeiras Damas Municipais, que acontece no Centro de Eventos do Pantanal.

Na ocasião, em torno de 100 pessoas que participaram da palestra proferida pela coordenadora receberam um kit contendo exemplares da Cartilha que alerta a população para o combate ao abuso sexual contra a criança e o adolescente, como também traz informações gerais a partir de palestras e dados estatísticos. Este é o material que está sendo utilizado pela Campanha de Combate a Pedofilia e ao Abuso Sexual Infanto-Juvenil, lançada há dois meses em uma parceria da Sala da Mulher com o Ministério Público Estadual (MPE). Vinte e quatro municípios já aderiram à bandeira. “Esta palestra foi uma oportunidade direta de sensibilizarmos essas gestoras para aumentarmos efetivamente a quantidade de cidades mobilizadas no enfrentamento”, explicou Janete.

Em Cuiabá e Várzea Grande, a campanha tem o apoio do Centro Universitário Unirondon e o Instituto Cuiabano de Educação (ICE). Universitários destas faculdades estão sendo capacitados para atuarem como multiplicadores. Num primeiro momento, os estudantes participam de palestras ministradas por membros do MPE, para depois, assumirem o papel de palestrantes, disseminando a informação ao público infanto-juvenil.

Segundo a coordenadora, o material vai auxiliar na elaboração de iniciativas com informações essenciais, como por exemplo, para ministrarem palestras nas comunidades. “O problema está nos bairros e sozinhos não conseguiremos chegar até a outra ponta. Mas isso pode ser feito por esses multiplicadores. Que cada município possa se organizar e repassar as informações. Por mais dolorido que seja tirar isso debaixo do tapete”, salientou Janete.

Para a coordenadora, promotora Lindinalva Rodrigues Correa, titular da Promotoria de Combate a Violência Doméstica Familiar Contra a Mulher, no Brasil, em média, 165 crianças e adolescentes são abusadas por dia. Ocorre um abuso a cada sete horas. “Mas são dados subfaturados porque muitas pessoas têm medo e não denunciam”. Nesse sentido, acredita que a campanha é fundamental para que as pessoas se sensibilizem da importância de trazer um caso de pedofilia à tona. “Só vamos conter as violências externas quando acabarmos com a violência dentro de casa, quando os direitos humanos começarem a serem exercidos nos lares”, declarou Lindinalva.


A presidente da Associação das Primeiras Damas Municipais (APDM), Alessandra Abreu Nicoli, primeira dama de Santa Carmem, espera que os municípios possam participar efetivamente dessa campanha, porque o número de casos de pedofilia no interior do Estado é grande. “Temos que trabalhar arduamente para que as pessoas saibam mais sobre esse problema e que possam estar preparadas para diagnosticar possíveis casos de abusos”, concluiu Nicoli.

Para o presidente da recém criada “ONG de Combate a Pedofilia” e Coordenador do Movimento MT Contra Pedofilia vereador Toninho do Gloria, O vereador Toninho do Gloria Líder do PV, conseguiu ficar conhecido no estado de Mato Grosso como o parlamentar mais atuante no Combate a Pedofilia. Mobilizar a população a denunciar os pedófilos é o grande desafio do “Movimento Estadual Todos Contra a Pedofilia.

Toninho do Glória acredita que daqui algum tempo, a sociedade poderá comemorar grandes frutos desse trabalho, ao lembrar o alerta do senador Magno Malta, presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito da Pedofilia (CPI), que disse “se nada for feito, em 15 anos o Brasil será o país mais lesionado por causa dos pedófilos que acreditam na impunidade”.

Várzea Grande será o primeiro município do Brasil a ter Plano Municipal de Combate a Pedofilia,o projeto de lei é de autoria do presidente da recém criada “ONG de Combate a Pedofilia”,que é vereador no município.

O plano municipal contém diretrizes de ações para o enfrentamento e é subdividido em oito eixos:


Análise da situação: conhecer e divulgar os dados acerca da temática. Atendimento: realizar parceria com instituições especializadas para garantia do atendimento a crianças, adolescentes e famílias.

Defesa e Responsabilização: contribuir para a atualização da legislação sobre crimes sexuais no combate à impunidade.

Formação e Capacitação: formar e capacitar continuamente os profissionais que atuam no enfrentamento à temática.


Mobilização e Articulação: contribuir para o fortalecimento das articulações regionais, municipal e estadual para o enfrentamento à violência; mobilizar a sociedade no enfrentamento da questão.

. Prevenção: desenvolver ações preventivas, dentre elas o incremento de uma legislação referente à internet

.
Protagonismo Infanto-Juvenil: apoiar e promover ações nas quais exista a participação ativa de crianças e adolescentes na defesa de seus direitos. Avaliação e Monitoramento: avaliar e monitorar as ações e a efetividade do Plano.

Com a publicação do plano, o mesmo obtém força de lei para receber ajuda orçamentária e assim ser executado nas áreas mapeadas para oferecer às crianças e adolescentes educação preventiva ao abuso e atendimento especializado para vítimas deste crime.

combateapedofiliamt.blogspot.com/

Movimento de Combate a Pedofilia/AL MT

Postado por JORNAL DE MATO GROSSO MT

 

[

 

Nome:
E-mail:
Título:
Comentário:
Comentários Envie o seu
 
Não foi feito nenhum comentário para esta matéria até o presente momento
Mais Pedofilia
17/05/12
Ministério Público participa de audiência pública sobre combate ao abuso sexual
Reprodução da Campanha em Outras Cidades
Lançamento da Campanha Contra a Pedofilia e o Abuso Sexual em Cuiabá-MT
Capacitações para a Campanha contra a Pedofilia no ICE
Combate ao abuso sexual contra crianças e adolescentes: MP promove capacitação para alunos da Unirondon
Terra Nova: MP promove lançamento de campanha de combate ao abuso sexual contra crianças e adolescentes
MPE apresenta campanha ao Tribunal Regional do Trabalho
MPE promove palestra sobre abuso sexual contra crianças em VG
PALESTRA EM ENCONTRO NACIONAL DA DEFENSORIA PÚBLICA
Poderes se unem contra a violência doméstica - Lançamento do Projeto "Homens que Agradam NÃO Agridem"
D2 Comunicação Ltda
Rua 14, nº 125-A, Bairro Boa Esperança, Cep nº 78.068-775, Cuiabá/MT CNPJ 08.604.523/0001-59. Fone: (65) 9998-9173