Cuiabá, Sexta-Feira, dia 17 de Novembro de 2017
Busca: 
Quem Somos Jurisprudência Promotoras Legais Peças Processuais Livros Projetos e Campanhas Homenagens Agenda Copevid

Lá em casa quem manda é o respeito

Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
Promotora do Rio Grande do Sul participa do Projeto "Lá em casa quem manda é o respeito"
18/05/12 
 

Foi ministrada na sexta-feira pela manhã, dia 18 de maio de 2012, no Centro de Ressocialização de Cuiabá, o Projeto “Lá em Casa Quem Manda é o Respeito” apresentado para 120 reeducando pelas Promotoras de Justiça Lindinalva Rodrigues Dalla Costa e Elisamara Sigles Vodonós Portela, contando ainda com a participação da Promotora de Justiça e vice coordenadora da COPEVID Ivana Machado Battaglin, que veio da cidade de São Gabriel/RS para conhecer os projetos “Questão de Gênero” e “Lá em Casa Quem Manda é o Respeito” e aplicar em sua cidade.

Inicialmente, Elisamara pediu para que os reeducando refletissem nos erros que cometeram para que não voltem a cometer os mesmo erros, condenando a educação cultural das famílias em relação aos ensinamentos machistas repassados aos filhos “vocês querem que os filhos de vocês venham visitá-los no dias dos pais aqui?”

A Promotora ressaltou que a família deve ser feliz e que a violência gera mais violência “a família deve ser constituída por amor” e informou, ainda “quando a mulher registra o boletim de ocorrência não deve sofrer pressão para retirar o processo, sob pena de o agressor responder a crime com pena mais grave que é a coação no curso do processo (artigo 344 do Código Penal), a Lei Maria da Penha não desrespeita os homens apenas protege as mulheres que sofrem violência e tenta evitar ocorrências ainda mais graves”.

Para a promotora Ivana, é extremamente importante o trabalho de ressocialização com os reeducandos e que para ela, a mais grave das violência é a psicológica, destacando “que esse trabalho possa ser replicado no meu Estado e que aprendido, possa ajudar e passar para frente. Ninguém nasce violento mas torna-se pela cultura que recebemos”.

Lindinalva enfatizou que esse projeto foi desenvolvido pensando nos reeducandos “acreditamos em vocês, nós sabemos que vocês não são bandidos, mas são todos trabalhadores, pais de família, também vítimas da educação que receberam e o fazem reproduzir a violência dentro de casa, mas que devem pagar por suas infrações”.

Lindinalva mencionou que é necessário ter o respeito dentro do lar, porque o casal quer viver em paz um com o outro “é importante que tenham em mente e compreendam a ilicitude dos atos que cometeram, para que não sejam reincidentes quando saírem daqui, não é bom perder a liberdade por isso não se deve cometer novos erros”.

Com total interação dos reeducandos, Lindinalva mostrou dados reais em que “a violência doméstica mata mais que doença e acidente de carro”, chamando-os para serem parceiros nesse combate “gostaria muito de tê-los como parceiros no combate a violência doméstica, sei que não é fácil ser homem porque vocês tem que se pautar em modelos pré estabelecidos e que cobram virilidade e obediência”.

Ao final, foram sanadas dúvidas e servido um lanche aos reeducandos, seguido de “rodas de conversa” mediadas pelos psicólogos e assistentes sociais do projeto.

O Projeto "Lá em casa quem manda é o respeito é de autoria do Ministério Público, em parceria com o Governo do Estado de Mato Grosso e é desenvolvido  pela  equipe multidisciplinar composta pelos Assistentes Sociais Ana Carolina Paiva Costa Barros Rezende e Carlos Wagner Ribeiro e os psicólogos Jair José Schuh e Silvia Helena Aragones Vasconcelos Torres.

Desde o início do mês de maio de 2012, as famílias dos presos por violência doméstica e familiar contra a mulher que estão no Centro de Ressocialização de Cuiabá, o antigo ‘Carumbé‘, também estão sendo atendidas pela equipe multidisciplinar . O objetivo é fazer com que as vítimas e seus filhos possam refletir sobre o círculo vicioso de violência, que vai além da relação com o agressor. O atendimento às famílias acontece duas vezes por semana, nos dias de visita ao presídio. Já o atendimento aos presos ocorre três vezes por semana.

CONHEÇAM A OPINIÃO DOS REEDUCANDOS SOBRE O PROJETO

R. S. C. relatou que se sentiu muito importante ao assistir a palestra “aprendi coisas boas aqui, é muita ignorância da minha parte agredir ou ser rude com minha mulher, quando eu sair daqui nunca mais vou tratá-la mal e com certeza vou ajudar a minha comunidade falando o que aprendi aqui”.

L. da C. disse que foi ideal a criação do projeto “foi uma palestra muito boa, de grande valia para mim, estou levando para mim grandes ensinamentos e lições que não quero repetí-las, vou viver em mais harmonia com minha família”.

M. R. S. manifestou o desejo de voltar para seu lar e viver bem com sua família “adorei a palestra delas, ganhei uma bela orientação no dia de hoje, não aguento mais ficar aqui e quero voltar logo para minha esposa e meus filhos, me arrependo do que fiz e não quero que meus filhos cometam os erros que cometi”.

Mais fotos na "galeria de imagens" anexa.

 

Nome:
E-mail:
Título:
Comentário:
Comentários Envie o seu
 
Não foi feito nenhum comentário para esta matéria até o presente momento
Mais Lá em casa quem manda é o respeito
18/05/12
Famílias de presos por violência doméstica são atendidas pelo projeto "Lá em Casa quem Manda é o Respeito"
18/11/11
Equipe multidisciplinar apresenta o projeto "Lá em casa quem manda é o respeito"
21/10/11
NOVA APRESENTAÇÃO DO PROJETO "LÁ EM CASA QUEM MANDA É O RESPESPEITO" PARA REEDUCANDOS EM CUIABÁ
23/09/11
PROJETO "LÁ EM CASA QUEM MANDA É O RESPEITO" É APRESENTADO AOS DETENTOS DE CUIABÁ
05/12/14
Projeto de Mato Grosso é apresentado no Mato Grosso do Sul
03/10/13
ALUNOS DE PSICOLOGIA CONHECEM O PROJETO " LÁ EM CASA QUEM MANDA É O RESPEITO"
28/02/13
Equipe apresenta projeto "Lá em casa quem manda é o respeito" para policiais
25/01/13
CNMP seleciona e divulga o projeto " Lá em casa quem manda é o respeito"
26/11/12
Projeto "Lá em Casa quem Manda é o Respeito" é apresentado em Tocantins
26/11/12
Projeto " Lá em casa quem manda é o respeito" é apresentado em evento do CNMP
26/10/12
Reeducandos discutem Direitos Humanos no projeto "Lá em casa quem manda é o respeito"
02/10/12
Projeto " Lá em Casa quem Manda é o Respeito" é apresentado em São Paulo
29/06/12
Alcoolismo é abordado em palestra do projeto "Lá em casa quem manda é o respeito"
18/05/12
PROMOTORA DO MPRS PARTICIPA DO PROJETO "LÁ EM CASA QUEM MANDA É O RESPEITO"
PROJETO "LÁ EM CASA QUEM MANDA É O RESPEITO" SE APRESENTA EM PENITENCIÁRIA
24/07/11
Apresentação do Projeto " Lá em casa quem manda é o respeito"
01/07/11
PROMOTORAS DE JUSTIÇA PROFEREM PALESTRA SOBRE VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER PROJETO LÁ EM CASA QUEM MANDA É O RESPEITO
27/06/11
Apresentação do projeto " Lá em casa quem manda é o respeito"
22/05/11
PROMOTORAS DE JUSTIÇA PROMOVEM PALESTRA PARA REEDUCANDOS
PALESTRA EM ENCONTRO NACIONAL DA DEFENSORIA PÚBLICA
Poderes se unem contra a violência doméstica - Lançamento do Projeto "Homens que Agradam NÃO Agridem"
D2 Comunicação Ltda
Rua 14, nº 125-A, Bairro Boa Esperança, Cep nº 78.068-775, Cuiabá/MT CNPJ 08.604.523/0001-59. Fone: (65) 9998-9173