Cuiabá, Domingo, dia 19 de Novembro de 2017
Busca: 
Quem Somos Jurisprudência Promotoras Legais Peças Processuais Livros Projetos e Campanhas Homenagens Agenda Copevid

Homens Que Agradam Não Agridem

Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
Servidores da Câmara Municipal de Cuiabá participam do projeto Homens que Agradam Não Agridem
12/05/17 - 09:00 
De Câmara Municipal de Cuiabá

 

 A Câmara Municipal de Cuiabá, localizada na Praça Moreira Cabral, Centro, s/n, Cuiabá – MT, por intermédio da Coordenadoria de Cultura da Câmara recebeu o projeto social “Homens que Agradam Não Agridem”, sendo o projeto desenvolvido no Plenário Ana Maria do Couto com servidores da Câmara.

 

O projeto é resultado de uma parceria do Ministério Público, Tribunal de Contas, Governo do Estado, Assembléia Legislativa, Sala da Mulher e Setas, coordenado pela Promotora de Justiça Lindinalva Rodrigues, e que busca levar informações para os homens sobre violência doméstica, Lei Maria da Penha, a importância de uma educação não machista, da divisão das tarefas domésticas e da erradicação da violência doméstica nos lares, para dar espaço a felicidade e ao respeito.

 

O desenvolvimento do projeto se deu por meio de palestras e debates apresentados e coordenados por Christina Mendonça (psicóloga), Fernanda Denadai (psicóloga), Renata de Paula Teixeira (assitente social) e Heckyelly Rocha (assistente ministerial), iniciando as atividades com a apresentação de frases, sobre as quais participantes expuseram suas opiniões e por meio delas o tema da violência contra a mulher foi explanado. Uma das frases apresentadas aos participantes foi a seguinte:

"Em briga de marido e mulher não se mete a colher."

 

A assistente social Renata Teixeira ressaltou que as vezes demoram-se anos para que a mulher consiga sair de um relacionamento abusivo e por crer na mudança do comportamento do companheiro, por questões financeiras ou pensando que é o melhor para os filhos, acaba permanecendo em um relacionamento violento.

 

Ao final foi apresentado um vídeo abordando e exemplificando a aplicação da Lei Maria da Penha.

Nome:
E-mail:
Título:
Comentário:
Comentários Envie o seu
 
Não foi feito nenhum comentário para esta matéria até o presente momento
Mais Homens Que Agradam Não Agridem
18/09/17
PANTANAL TRANSPORTES RECEBE PROJETO DO MP
31/08/17 08:30
Clínica Femina recebe projeto desenvolvido pelo Ministério Público
29/08/17 09:00
Homens que Agradam Não Agridem é desenvolvido no CRAS do bairro CPA III
07/08/17 14:00
HOMENS QUE AGRADAM NÃO AGRIDEM É DESENVOLVIDO NA SEJUDH
04/08/17 08:00
PROJETO HOMENS QUE AGRADAM NÃO AGRIDEM É DESENVOLVIDO NO CEBRAC (MANHÃ)
04/08/17 14:00
CEBRAC RECEBE PROJETO SOCIAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO
26/07/17
Atacadão recebe projeto do MP
21/07/17
CRAS do bairro Dom Aquino recebe Projeto Social desenvolvido pelo Ministério Público
14/07/17
Homens que Agradam Não Agridem é desenvolvido na empresa Ábaco
25/07/17
Projeto Social é desenvolvido na Associação Matogrossense Pró-Idosos (AMPI)
14/07/17 07:00
Projeto é desenvolvido em canteiro de obras "Royal Presidente"
13/07/17
PROMOTORA PALESTRA EM CANTEIRO DE OBRAS
11/07/17 08:00
Projeto Social do Ministério Público é desenvolvido no CRAS do bairro Pedra 90
06/07/17
Projeto é desenvolvido na SEFAZ - Secretaria de Estado de Fazenda
23/06/17
CRAS PEDREGAL RECEBE PROJETO HOMENS QUE AGRADAM NÃO AGRIDEM
22/06/17
HOSPITAL JÚLIO MULLER RECEBE PROJETO HOMENS QUE AGRADAM NÃO AGRIDEM
07/06/17
Secretaria Municipal de Trabalho e Desenvolvimento Econômico recebe projeto Homens que Agradam Não Agridem
06/06/17
Projeto Social do Ministério Público é desenvolvido no Hospital Universitário Júlio Muller
31/05/17
Secretaria Municipal de Educação Recebe Projeto Homens que Agradam Não Agridem
PROJETO É DESENVOLVIDO NA ESCOLA ESTADUAL LICEU CUIABANO
PALESTRA EM ENCONTRO NACIONAL DA DEFENSORIA PÚBLICA
Poderes se unem contra a violência doméstica - Lançamento do Projeto "Homens que Agradam NÃO Agridem"
D2 Comunicação Ltda
Rua 14, nº 125-A, Bairro Boa Esperança, Cep nº 78.068-775, Cuiabá/MT CNPJ 08.604.523/0001-59. Fone: (65) 9998-9173