Cuiabá, Domingo, dia 19 de Novembro de 2017
Busca: 
Quem Somos Jurisprudência Promotoras Legais Peças Processuais Livros Projetos e Campanhas Homenagens Agenda Copevid

Homens Que Agradam Não Agridem

Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
Projeto Social do Ministério Público é desenvolvido no CRAS do bairro Pedra 90
11/07/17 - 08:00 
 

 

Na manhã desta terça-feira, 11 de julho de 2017, na sede do Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) do Bairro Pedra Noventa, nesta Capital, foi desenvolvido o Projeto “Homens que Agradam Não Agridem”, o qual contou com a presença de 22(vinte e duas) pessoas, dentre elas moradores do Bairro e servidoras do Centro de Referência.

 

No Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) o projeto foi desenvolvido por meio de vídeos e palestras apresentados e coordenados por Christina Mendonça (Psicóloga), Fernanda Denadai (Psicóloga), Renata de Paula Teixeira (Assistente Social), a Assistente Ministerial Pamela Maite Fernandes Ribeiro e contou ainda, com o apoio técnico do Servidor Ministerial Lucas Herrero Araújo Fernandes.

 

A palestra proferida faz parte do projeto “Homens que Agradam Não Agridem”, que tem por objetivo realizar o combate preventivo a violência doméstica.


No encontro, foi desenvolvida uma roda de conversa e debates acerca dos vários tipos de violência contra a mulher, que pode ser física, psicológica, sexual, patrimonial, moral, e ainda, acerca da importância da conscientização de todos acerca da violência no âmbito familiar.


O autônomo Valter da Silva, pseudônimo Esperança, ao final do desenvolvimento do projeto, declarou que: “Achei a palestra de grande valor para a sociedade em geral, e um esclarecimento para os mais leigos”.

 

Jefferson da Silva Moura, também expressou seus comentários acerca do projeto: “A palestra foi ótima, eu adorei, porque incentiva os homens a darem valor em suas companheiras. As mulheres não são nossas empregadas, são nossas companheiras do dia a dia e eu acho errado os homens baterem em mulher. Na minha opinião, eles são covardes, porque eles tem mais força que as mulheres e se acham no direito de mandar nelas”.

Nome:
E-mail:
Título:
Comentário:
Comentários Envie o seu
 
Não foi feito nenhum comentário para esta matéria até o presente momento
Mais Homens Que Agradam Não Agridem
18/09/17
PANTANAL TRANSPORTES RECEBE PROJETO DO MP
31/08/17 08:30
Clínica Femina recebe projeto desenvolvido pelo Ministério Público
29/08/17 09:00
Homens que Agradam Não Agridem é desenvolvido no CRAS do bairro CPA III
07/08/17 14:00
HOMENS QUE AGRADAM NÃO AGRIDEM É DESENVOLVIDO NA SEJUDH
04/08/17 08:00
PROJETO HOMENS QUE AGRADAM NÃO AGRIDEM É DESENVOLVIDO NO CEBRAC (MANHÃ)
04/08/17 14:00
CEBRAC RECEBE PROJETO SOCIAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO
26/07/17
Atacadão recebe projeto do MP
21/07/17
CRAS do bairro Dom Aquino recebe Projeto Social desenvolvido pelo Ministério Público
14/07/17
Homens que Agradam Não Agridem é desenvolvido na empresa Ábaco
25/07/17
Projeto Social é desenvolvido na Associação Matogrossense Pró-Idosos (AMPI)
14/07/17 07:00
Projeto é desenvolvido em canteiro de obras "Royal Presidente"
13/07/17
PROMOTORA PALESTRA EM CANTEIRO DE OBRAS
06/07/17
Projeto é desenvolvido na SEFAZ - Secretaria de Estado de Fazenda
23/06/17
CRAS PEDREGAL RECEBE PROJETO HOMENS QUE AGRADAM NÃO AGRIDEM
22/06/17
HOSPITAL JÚLIO MULLER RECEBE PROJETO HOMENS QUE AGRADAM NÃO AGRIDEM
07/06/17
Secretaria Municipal de Trabalho e Desenvolvimento Econômico recebe projeto Homens que Agradam Não Agridem
06/06/17
Projeto Social do Ministério Público é desenvolvido no Hospital Universitário Júlio Muller
31/05/17
Secretaria Municipal de Educação Recebe Projeto Homens que Agradam Não Agridem
PROJETO É DESENVOLVIDO NA ESCOLA ESTADUAL LICEU CUIABANO
18/05/17
Projeto é desenvolvido na CASSI - CAIXA DE ASSISTÊNCIA DOS FUNCIONÁRIOS DO BANCO BRASIL
PALESTRA EM ENCONTRO NACIONAL DA DEFENSORIA PÚBLICA
Poderes se unem contra a violência doméstica - Lançamento do Projeto "Homens que Agradam NÃO Agridem"
D2 Comunicação Ltda
Rua 14, nº 125-A, Bairro Boa Esperança, Cep nº 78.068-775, Cuiabá/MT CNPJ 08.604.523/0001-59. Fone: (65) 9998-9173