Cuiabá, Domingo, dia 19 de Novembro de 2017
Busca: 
Quem Somos Jurisprudência Promotoras Legais Peças Processuais Livros Projetos e Campanhas Homenagens Agenda Copevid

Homens Que Agradam Não Agridem

Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
PROMOTORA PALESTRA EM CANTEIRO DE OBRAS
13/07/17 
 

 A Promotora de Justiça Lindinalva Correia Rodrigues, realizou nesta quinta-feira, dia 13 de julho de 2017, no canteiro de obras “Riviera Goiabeiras”, da Construtora São Benedito, localizado no bairro Duque de Caxias, palestra do Projeto “Homens que Agradam não Agridem”.

 

Além de Lindinalva, que é coordenadora do Núcleo de Enfrentamento da Violência Doméstica do MPE e coordenadora do projeto, e que palestrou a 172 funcionários da Construtora São Benedito, a equipe multidisciplinar, composta por psicólogas (Christina Mendonça e Fernanda Denadai), assistente social (Renata Teixeira) e assistente ministerial (Heckyelly Rocha), também se fez presente.

 

O projeto ‘Homens que Agradam Não Agridem’ tem por objetivo realizar o combate preventivo a violência doméstica, através da educação e conscientização dos homens, os instruindo e conscietizando acerca da importância de tratar com carinho e respeito suas companheiras, mães, enfim, as mulheres em geral, e prestar esclarecimentos sobre violência doméstica e Lei Maria da Penha. E como este projeto é voltado para homens não agressores, previne-se que aconteçam crimes e assim evita-se que homens sejam presos e que mulheres sejam vítimas de violência doméstica.

Durante a palestra Lindinalva ressaltou que ao tratar com atenção e punir crimes menos graves, como ameaça e lesão corporal de natureza leve, previne-se que ocorram crimes mais graves, como lesão corporal grave e até mesmo o feminicídio. Tendo em vista que 70% (setenta por cento) das mulheres que são assassinadas são mortas por seus parceiros ou ex-parceiros e, em sua maioria, o crime ocorre dentro de seu próprio lar. Bem como, estes assassinatos de mulheres acontecem por um favor em especial: o sentimento de posse. O parceiro ou ex-parceiro se sente dono da mulher, tendo em vista que 70% destas mortes de mulheres em decorrência de violência doméstica ocorrem logo após o rompimento da relação afetiva.

 

Lindinalva também destacou que os homens, quando assassinados, morrem em situações que acontecem fora de casa, enquanto as mulheres são mortas em situações que acontecem dentro de casa. E ainda, que ninguém nasce violento, as pessoas se tornam violentas conforme o ambiente em que se vive, e por assim ser, uma criança que cresce em um lar onde a mãe é vítima de violência doméstica quando crescer vai achar normal repetir o que presenciava em casa, ou seja, o menino ao se tornar adulto será um propenso agressor e a menina poderá por casar-se com alguém semelhante ao pai e achará ser normal que este a agrida. Por fim, Lindinalva destou que os homens devem encontrar tempo para ser pai e que os cuidados para com os filhos não é um dever somente da mãe.

Nome:
E-mail:
Título:
Comentário:
Comentários Envie o seu
 
Não foi feito nenhum comentário para esta matéria até o presente momento
Mais Homens Que Agradam Não Agridem
18/09/17
PANTANAL TRANSPORTES RECEBE PROJETO DO MP
31/08/17 08:30
Clínica Femina recebe projeto desenvolvido pelo Ministério Público
29/08/17 09:00
Homens que Agradam Não Agridem é desenvolvido no CRAS do bairro CPA III
07/08/17 14:00
HOMENS QUE AGRADAM NÃO AGRIDEM É DESENVOLVIDO NA SEJUDH
04/08/17 08:00
PROJETO HOMENS QUE AGRADAM NÃO AGRIDEM É DESENVOLVIDO NO CEBRAC (MANHÃ)
04/08/17 14:00
CEBRAC RECEBE PROJETO SOCIAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO
26/07/17
Atacadão recebe projeto do MP
21/07/17
CRAS do bairro Dom Aquino recebe Projeto Social desenvolvido pelo Ministério Público
14/07/17
Homens que Agradam Não Agridem é desenvolvido na empresa Ábaco
25/07/17
Projeto Social é desenvolvido na Associação Matogrossense Pró-Idosos (AMPI)
14/07/17 07:00
Projeto é desenvolvido em canteiro de obras "Royal Presidente"
11/07/17 08:00
Projeto Social do Ministério Público é desenvolvido no CRAS do bairro Pedra 90
06/07/17
Projeto é desenvolvido na SEFAZ - Secretaria de Estado de Fazenda
23/06/17
CRAS PEDREGAL RECEBE PROJETO HOMENS QUE AGRADAM NÃO AGRIDEM
22/06/17
HOSPITAL JÚLIO MULLER RECEBE PROJETO HOMENS QUE AGRADAM NÃO AGRIDEM
07/06/17
Secretaria Municipal de Trabalho e Desenvolvimento Econômico recebe projeto Homens que Agradam Não Agridem
06/06/17
Projeto Social do Ministério Público é desenvolvido no Hospital Universitário Júlio Muller
31/05/17
Secretaria Municipal de Educação Recebe Projeto Homens que Agradam Não Agridem
PROJETO É DESENVOLVIDO NA ESCOLA ESTADUAL LICEU CUIABANO
18/05/17
Projeto é desenvolvido na CASSI - CAIXA DE ASSISTÊNCIA DOS FUNCIONÁRIOS DO BANCO BRASIL
PALESTRA EM ENCONTRO NACIONAL DA DEFENSORIA PÚBLICA
Poderes se unem contra a violência doméstica - Lançamento do Projeto "Homens que Agradam NÃO Agridem"
D2 Comunicação Ltda
Rua 14, nº 125-A, Bairro Boa Esperança, Cep nº 78.068-775, Cuiabá/MT CNPJ 08.604.523/0001-59. Fone: (65) 9998-9173