Cuiabá, Sexta-Feira, dia 19 de Janeiro de 2018
Busca: 
Quem Somos Jurisprudência Promotoras Legais Peças Processuais Livros Projetos e Campanhas Homenagens Agenda Copevid

Homens Que Agradam Não Agridem

Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
Clínica Femina recebe projeto desenvolvido pelo Ministério Público
31/08/17 - 08:30 
 

Na quinta-feira, 31 de agosto de 2017, no período matutino, na Clínica Femina, foi desenvolvido o Projeto “Homens que Agradam Não Agridem”, o qual contou com a presença de 35 (trinta e cinco) profissionais da área de saúde e do setor de Recursos Humanos.

Na Clínica Femina, o projeto foi desenvolvido por meio de palestras e vídeos apresentados e coordenados por Renata de Paula Teixeira (assistente social), Fernanda Denadai (psicóloga), Pamela Maite Fernandes Ribeiro (assistente ministerial) e com apoio técnico do servidor Wanderley Neves (técnico administrativo). Tratou-se de uma oficina de atualização sobre o atendimento intersetorial a pessoas em situação de violência, voltado para os alunos e profissionais da área de educação.

Durante a apresentação do projeto foram abordados temas como a desigualdade salarial, já que existem muitas mulheres que ocupam cargos equivalentes aos dos homens no mercado de trabalho, mas não auferem a mesma renda, por entenderem que não possuem a mesma qualificação.

Na ocasião, foi falado também sobre o machismo que ainda existe com relação aos afazeres domésticos, vistos por muitos como ocupação destinada exclusivamente as mulheres, devido ao preconceito que INFELIZMENTE perdura em nossa sociedade.

Fora abordado também a questão da falta de respeito entre os parceiros, que causa traumas psicológicos e acaba desgastando o relacionamento do casal e envolvendo os filhos que crescem nesse ambiente de falta de respeito e dignidade com o próximo.

Citaram que existem casos em que algumas mulheres se acomodaram com o ciclo de violência, por temerem perder os filhos, fazendo com que se submetam as agressões físicas e psicológicas sofridas. Pois romper com a situação vivenciada não é fácil, por causa do medo da rejeição, e do sentimento de posse que existe entre os companheiros.

No decorrer das exposições o suporte da família chamou muito atenção, pois todas as mulheres que romperam os relacionamentos, nos quais vivenciavam algum tipo de violência familiar e doméstica, tiveram apoio por parte de algum membro da família, seja financeiro, ou psicológico.

O Auxiliar Juridico Denner Lorenzo Amorim Costa, acerca da palestra declarou: “Muito bem ministrada é muito importante levar esse tema para sociedade. Pois muitas mulheres são coagidas pelos parceiros.”

O Administrador Marcelo Henrique do Espirito Santo Almeida, também expressou seus comentários acerca do projeto: “Uma palestra excelente, onde esclareceu muitas coisas que a lei defende, porém é desconhecida ainda por varias pessoas, exemplo: os tipos de agressões”.

Ao final, Elisabete Maria Tereza J. Preza Nogueira, Assistente da Diretoria Técnica, aformou que o motivo de ter convidado o projeto foi “Por sermos um público essencialmente feminino no trabalho, e devido algumas reclamações de funcionários falando sobre a violência no ambiente familiar, resolvemos esclarecer a este público seus direitos. A palestra foi muito esclarecedora em relação ao assunto abordado, pois sempre temos a impressão que a violência se resume apenas em agressão física e deixamos de lado os outros tipos de agressão”.

Nome:
E-mail:
Título:
Comentário:
Comentários Envie o seu
 
Não foi feito nenhum comentário para esta matéria até o presente momento
Mais Homens Que Agradam Não Agridem
28/08/17
EMPRESA ELETROFIOS RECEBE PROJETO DO MP
09/10/17
I SIMPÓSIO PREVENTIVO DA PMMT
18/10/17
PROJETO É DESENVOLVIDO NO CENTRO COMUNITÁRIO DO BAIRRO CARUMBÉ
19/10/17
TUT TRANPORTES RECEBE PROJETO SOCIAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO
16/10/17
Projeto é desenvolvido na Associação Mato-Grossense dos Municípios
21/09/17
UNIMED recebe projeto Homens que agradam não agridem
18/09/17
PANTANAL TRANSPORTES RECEBE PROJETO DO MP
29/08/17 09:00
Homens que Agradam Não Agridem é desenvolvido no CRAS do bairro CPA III
07/08/17 14:00
HOMENS QUE AGRADAM NÃO AGRIDEM É DESENVOLVIDO NA SEJUDH
04/08/17 08:00
PROJETO HOMENS QUE AGRADAM NÃO AGRIDEM É DESENVOLVIDO NO CEBRAC (MANHÃ)
04/08/17 14:00
CEBRAC RECEBE PROJETO SOCIAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO
26/07/17
Atacadão recebe projeto do MP
21/07/17
CRAS do bairro Dom Aquino recebe Projeto Social desenvolvido pelo Ministério Público
14/07/17
Homens que Agradam Não Agridem é desenvolvido na empresa Ábaco
25/07/17
Projeto Social é desenvolvido na Associação Matogrossense Pró-Idosos (AMPI)
14/07/17 07:00
Projeto é desenvolvido em canteiro de obras "Royal Presidente"
13/07/17
PROMOTORA PALESTRA EM CANTEIRO DE OBRAS
11/07/17 08:00
Projeto Social do Ministério Público é desenvolvido no CRAS do bairro Pedra 90
06/07/17
Projeto é desenvolvido na SEFAZ - Secretaria de Estado de Fazenda
23/06/17
CRAS PEDREGAL RECEBE PROJETO HOMENS QUE AGRADAM NÃO AGRIDEM
PALESTRA EM ENCONTRO NACIONAL DA DEFENSORIA PÚBLICA
Poderes se unem contra a violência doméstica - Lançamento do Projeto "Homens que Agradam NÃO Agridem"
D2 Comunicação Ltda
Rua 14, nº 125-A, Bairro Boa Esperança, Cep nº 78.068-775, Cuiabá/MT CNPJ 08.604.523/0001-59. Fone: (65) 9998-9173