Cuiabá, Quinta-Feira, dia 23 de Novembro de 2017
Busca: 
Quem Somos Jurisprudência Promotoras Legais Peças Processuais Livros Projetos e Campanhas Homenagens Agenda Copevid

Notícias

Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
Promotora de Mato Grosso participa de reunião do ENASP sobre feminicídio em Brasília
02/03/16 
Fonte: site do CNMP

 

 A metodologia de trabalho que visa ao cumprimento da meta da Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública (Enasp) em 2016, a redução do crime de feminicídio, foi o tema da primeira reunião deste ano entre os integrantes da iniciativa. O encontro, presidido pelo conselheiro do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e coordenador da Enasp, Esdras Dantas, foi realizado nesta quarta-feira, 2 de março, no Plenário do CNMP, em Brasília/DF.

O evento marca o início das atividades da Enasp quanto às diretrizes e indicadores estratégicos relacionados à meta de redução de crimes de assassinato da mulher em razão de ser mulher, conceito que explica o feminicídio. O encontro colheu propostas de ferramentas de coleta de dados para a produção de um diagnóstico dos inquéritos de feminicídio existentes nas unidades do Ministério Público brasileiro.

Além do conselheiro Esdras Dantas, estiveram presentes na mesa de coordenação o conselheiro e presidente da Comissão do Sistema Prisional, Controle Externo da Atividade Policial e Segurança Pública do CNMP, Antônio Duarte; o conselheiro Otavio Brito Lopes; e o membro auxiliar da Enasp, Héverton Alves de Aguiar. Participaram ainda do evento membros do Ministério Público brasileiro e representantes do Poder Executivo que trabalham com a política de prevenção à violência doméstica contra a mulher.

O conselheiro Esdras Dantas afirmou que o combate ao feminicídio se trata de uma meta “importante e atual”, de modo que o encontro buscava ouvir todas as sugestões dos participantes e formular “os mecanismos que viabilizavam o diagnóstico em cada estado brasileiro acerca dos inquéritos de feminicídio e traçar metas de combate ao crime”.

Antônio Duarte destacou que o feminicídio é um crime que inquieta a todos e, por essa razão, é “motivo de engrandecimento ver o CNMP protagonizando iniciativas dessa envergadura, pois se trata de uma ação de uma instituição de controle que prefere o enfrentamento ao conformismo”. Ainda segundo o conselheiro, “o MP deve participar desse processo de amadurecimento no trabalho de combate a todas as expressões de violência”.

A representante da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), Beatriz Cruz, saudou a iniciativa e apontou que o cumprimento da meta tende a auxiliar na redução dos homicídios de mulheres pelo fato de serem mulheres. A secretária de Reforma e Modernização do Judiciário, Gabriella Oliveira, lembrou que o trabalho de redução do feminicídio requer um trabalho “cultural que envolve ações educativas e de sensibilização”.

Selo e edital

Na ocasião, foi aprovado pelos participantes o selo (foto) de identificação que será utilizado como um marcador a ser adesivado nos inquéritos do MP em que a mulher tenha sido vítima de morte violenta. Na oportunidade também foi realizada a assinatura do edital de chamamento de artigos científicos que integrarão uma publicação institucional do CNMP sobre o tema “Violência contra Mulher”. Os artigos devem ser de autoria de membros do MP brasileiro e encaminhados até o dia 2 de maio de 2016 para o e-mail enasp@cnmp.mp.br

Nome:
E-mail:
Título:
Comentário:
Comentários Envie o seu
 
Não foi feito nenhum comentário para esta matéria até o presente momento
Mais Notícias
07/11/17
ÁGUAS CUIABÁ RECEBE PROJETO COORDENADO PELA PROMOTORA LINDINALVA RODRIGUES
09/11/17
Colaboradores da União Transportes participam de projeto social do MP
08/11/17
Eletronorte recebe projeto Homens que Agradam Não Agridem
25/10/17
1º Congresso Multidisciplinar do Judiciário de Mato Grosso
19/10/17
Lindinalva Rodrigues participa do XVI Seminário Alcoolismo na Sociedade e na Família
18/10/17
PROJETO É DESENVOLVIDO NO CENTRO COMUNITÁRIO DO BAIRRO CARUMBÉ
19/10/17
TUT TRANPORTES RECEBE PROJETO SOCIAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO
16/10/17
Projeto é desenvolvido na Associação Mato-Grossense dos Municípios
21/09/17
UNIMED recebe projeto Homens que agradam não agridem
II Reunião Ordinária de 2017 do Grupo Nacional de Direitos Humanos (GNDH)
14/06/17
PROMOTORA CAPACITA NOVO PROMOTOR DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MATO GROSSO
Promotora de Justiça participa de reunião da ENASP/CNMP
08/05/17
Promotora de Justiça se reúne com dirigentes dos Alcoólicos Anônimos (A.A.)
24/04/17 14:30
PROMOTORA PARTICIPA DE REUNIÃO EM PROL DA REFORMA NA CASA DE AMPARO DE CUIABÁ
31/03/17
PROMOTORA VISITA CASA DE AMPARO ÀS VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
17/03/17
I REUNIÃO ORDINÁRIA DO GNDH DO ANO 2017
10/03/17 15:00
SINTAP/MT ORGANIZA CHÁ DA TARDE COM PALESTRA ACERCA DO EMPODERAMENTO DA MULHER
08/03/16
Promotora de Justiça de Cuiabá recebe título de Cidadã Camponovense
26/02/16
Lindinalva Rodrigues participa de reunião com o sistema de justiça em Brasília
PALESTRA EM ENCONTRO NACIONAL DA DEFENSORIA PÚBLICA
Poderes se unem contra a violência doméstica - Lançamento do Projeto "Homens que Agradam NÃO Agridem"
D2 Comunicação Ltda
Rua 14, nº 125-A, Bairro Boa Esperança, Cep nº 78.068-775, Cuiabá/MT CNPJ 08.604.523/0001-59. Fone: (65) 9998-9173