Cuiabá, Domingo, dia 19 de Agosto de 2018
Busca: 
Quem Somos Jurisprudência Promotoras Legais Peças Processuais Livros Projetos e Campanhas Homenagens Agenda Copevid

Notícias

Nome:
E-mail:
Seu amigo:
E-mail dele:
Assunto:
Comentário:
Projeto Social é Desenvolvido no Pronto Socorro Municipal de Cuiabá
08/03/18 
 

 

Na quinta-feira, 08 de março de 2018, no Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá - foi desenvolvido o Projeto “Homens que Agradam Não Agridem”, o qual contou com a presença de 17 (dezessete) pessoas entre homens e mulheres.

 

No “Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá - o projeto foi desenvolvido por meio de palestras e vídeos apresentados e coordenados por Christina Mendonça (psicóloga), Renata de Paula Teixeira (assistente social), Maria Aparecida Rodrigues (assistente ministerial) e Lucas Herrero Araújo Fernandes (técnico administrativo), tratou-se de uma oficina de atualização sobre o atendimento intersetorial a pessoas em situação de violência, voltado para homens e mulheres que tiveram a oportunidade de partilhar suas experiências.

 

Na apresentação do projeto foi abordado acerca do índice de mortalidade das mulheres, demonstrando preocupação com a segurança delas diante de tantos crimes bárbaros cometidos no Estado de Mato Grosso e no Brasil. Ainda foi mencionado se para caracterizar o FEMINICÍDIO tem que ter algum vínculo afetivo entre os envolvidos, bem como que houve avanço na Lei Maria da Penha, mas, segundo alguns, precisa fazer com que a lei se torne mais efetiva.

 

Deixaram claro que os agressores são geralmente réus que não tem reincidência, bem como que as medidas protetivas foram colocadas à disposição das mulheres para garantir a segurança delas, o problema e que muitas, por vários motivos, acabam desistindo dos processos e dizendo que não sejam manter as medidas protetivas e, nesses casos, muitas acabam sendo até mortas, pelos agressores.

 

Além de deixarem claro que a violência contra a mulher é um problema de saúde pública, pois tem mulheres que se sujeitam à violência devido à cultura, criação, o meio em que foram criadas influência muito, inclusive, uma das participantes que já trabalhou no CAPS e acompanhou vítimas de violência doméstica disse que a maioria das mulheres não denunciam os seus companheiros por medo de serem julgadas, pela família, pela sociedade e também pelos filhos.

 

Nome:
E-mail:
Título:
Comentário:
Comentários Envie o seu
 
Não foi feito nenhum comentário para esta matéria até o presente momento
Mais Notícias
27/04/18
Promotora de Justiça participa do 14 Encontro de Mulheres de Acorizal
17/04/18 13:30
Projeto é desenvolvido com profisisonais do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF)
19/03/18
FIEMT RECEBE PROJETO COORDENADO POR PROMOTORA DE JUSTIÇA
21/03/18
SENAI-MT RECEBE PROJETO HOMENS QUE AGRADAM NÃO AGRIDEM
15/03/18
ALUNOS DO SENAI PARTICIPAM DE PROJETO EM DEFESA DA MULHER
09/03/18
COLABORADORES DA SUPERGASBRAS PARTICIPAM DE PROJETO QUE COMBATE A VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
02/04/18
AUDIÊNCIA PÚBLICA DEBATE ACERCA DO FEMINICÍDIO
20/03/18
Promotora de Justiça participa de debate em audiência pública políticas de combate à violência contra a mulher
23/02/18 14:00
Projeto do MP é desenvolvido na Empresa Mira Transportes
16/11/17
VIII Encontro Nacional do Ministério Público para Enfrentamento da Violência Doméstica e Familiar
II Reunião Ordinária de 2017 do Grupo Nacional de Direitos Humanos (GNDH)
14/06/17
PROMOTORA CAPACITA NOVO PROMOTOR DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MATO GROSSO
Promotora de Justiça participa de reunião da ENASP/CNMP
08/05/17
Promotora de Justiça se reúne com dirigentes dos Alcoólicos Anônimos (A.A.)
24/04/17 14:30
PROMOTORA PARTICIPA DE REUNIÃO EM PROL DA REFORMA NA CASA DE AMPARO DE CUIABÁ
31/03/17
PROMOTORA VISITA CASA DE AMPARO ÀS VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
17/03/17
I REUNIÃO ORDINÁRIA DO GNDH DO ANO 2017
10/03/17 15:00
SINTAP/MT ORGANIZA CHÁ DA TARDE COM PALESTRA ACERCA DO EMPODERAMENTO DA MULHER
08/03/16
Promotora de Justiça de Cuiabá recebe título de Cidadã Camponovense
PALESTRA EM ENCONTRO NACIONAL DA DEFENSORIA PÚBLICA
Poderes se unem contra a violência doméstica - Lançamento do Projeto "Homens que Agradam NÃO Agridem"
D2 Comunicação Ltda
Rua 14, nº 125-A, Bairro Boa Esperança, Cep nº 78.068-775, Cuiabá/MT CNPJ 08.604.523/0001-59. Fone: (65) 9998-9173